A fibrose cística também afeta muitas outras partes do corpo
 

 

Como a proteína CFTR* é encontrada em todo o corpo, pessoas com fibrose cística (FC) apresentam uma ampla variedade de sintomas. Tais sintomas, bem como a gravidade deles, podem variar drasticamente de uma pessoa para outra. Essa variação é resultado das mutações do CFTR, dos genes e do ambiente de cada indivíduo.1

ss

 

*CFTR = regulador da condutância transmembrana da fibrose cística (do inglês "Cystic Fibrosis Transmembrane Conductance Regulator")

Expandir todo Fechar tudo

Seios paranasais

  • Pessoas com FC podem ter mais pólipos nasais (massas carnudas dentro do nariz) que o comum.1
  • Pólipos nasais e o acúmulo de muco podem acarretar infecção e sinusite (inflamação ou inchaço dos seios paranasais), resultando em nariz entupido, dor de cabeça, tosse e, em alguns casos, perda do olfato.1,2
Fechar

Pele

  • A maior particularidade da FC é o suor salgado.1
  • Normalmente, a proteína CFTR reabsorve o sal antes de ele chegar à superfície da pele.3 Em pessoas com FC, a disfunção na proteína CFTR faz com que o sal não seja reabsorvido como deveria.1,4
  • Como o tempo, as pessoas com FC podem também apresentar irritação cutânea (como eczema ou dermatite). Acredita-se que isso seja influenciado pela dieta e pela menor capacidade de absorver nutrientes dos alimentos.5
Fechar

Cirrose hepática​

  • O fígado tem um papel importante no processamento de nutrientes e na manutenção do sangue limpo e livre de substâncias prejudiciais.
  • O fígado contém muitos túbulos. Na FC, eles podem ficar bloqueados, causando irritação e formação de cicatrizes. Essa cicatriz é conhecida como cirrose, um estágio avançado da doença hepática.4
  • A cirrose faz com que seja mais difícil para o fígado funcionar corretamente.
Fechar

Densidade óssea reduzida

  • À medida que as pessoas com FC envelhecem, aumenta o risco de densidade mineral óssea reduzida (ossos enfraquecidos) e fraturas. Acredita-se que isso seja resultado de diversos fatores, como desnutrição (mais particularmente, níveis reduzidos de vitamina D).9
  • Para quem vive com FC, é importante seguir uma dieta saudável e equilibrada personalizada de acordo com as necessidades individuais.10 Fale com seu médico, enfermeiro ou nutricionista para bter orientações nutricionais específicas para FC.
Fechar

Assuntos relacionados